Núm. 30 (2018): Bioeconomía y Memoria Ecológica de los Territorios: Transdisciplinariedad para un Futuro Sostenible
Artículos

O público leitor como comunidade de interesse e ponto de partida para novas estratégias de letramento e promoção da leitura

Raquel Bello Vazquez
Rede GALABRA Centro Universitário Ritter dos Reis
Maicon Camargo
Centro Universitário Ritter dos Reis
Marina Eggres
Centro Universitário Ritter dos Reis Bolsista CAPES de Iniciação Científica do edital PIBIC 2016/2018 processo 167070/2017-7
Coordinadores: Eduardo Corbelle Rico, Marco V. García Quintela e María Loureiro García
Publicados diciembre 20, 2018

Resumen

O trabalho sintetiza a primeira fase de um projeto sobre práticas e discursos relativos à leitura no
Brasil comparando consumos literários reais e o corpus sancionado academicamente e, em consequência, a proposta (implícita e explícita) de modelo de consumo literário, no que diz respeito aos
produtos que deveriam ser lidos e às formas em que eles devem ser consumidos.
Para a elaboração dos resultados utilizamo-nos de dois métodos:
a) A coleta de dados sobre leituras obrigatórias em provas de acesso ao ensino superior e as citações
de produtores em trabalhos acadêmicos e livros didáticos, possibilitando uma correlação entre estes elementos e seu resultado dentro do cânone.
b) A análise e discussão dos resultados da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil (Failla, 2016), em comparação com as listas de mais vendidos de diversas editoras e as leituras obrigatórias dos vestibulares de universidades com programas de pós-graduação com nota máxiam (7) pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) de 2015 a 2017.